Sobre

O Investidor de Relacionamento, nasceu com o propósito de mostrar a importância das relações sociais com aqueles que estão no nosso dia a dia assim também com aqueles que passam por nós por um breve momento e ficamos sem saber seus nomes. Esse projeto leva a finalidade de unir as pessoas ampliando a visão sobre relacionamento em diferentes campos da esfera de vivência holística o qual nossa vida está presente.

Mas devo dizer para sempre lembrar que você é a pessoa mais importante na sua vida. Você precisa estar em um relacionamento consigo, leal a seus valores, crenças e condutas para que assim, você possa levar o seu melhor para as pessoas a sua volta.

Meu nome é Diego, acadêmico no último ano da graduação em psicologia, formado em Coaching pelo Instituto IBMLeader em 2015 com 10 anos de experiência na área portuária na Baixada Santista/ SP. Trabalhei em empresas como Hapag – Lloyd (2007 – 2009) e na Cargill onde uma de suas unidades se tornou TEG em união com Louis Dreyfus (2010 – 2018).

Hoje com 27 anos, tenho o privilégio de me considerar uma pessoa rica intelectualmente, moralmente e afetivamente, moldados ao longo de minha jornada onde tenho orgulho em enaltecer as pessoas que passaram por minha vida apresentando e contribuindo com suas visões, valores e crenças o qual aprendi muito apenas ouvindo e observando a congruência de suas falas com suas atitudes.

Sou um grande apreciador da leitura e tenho muito prazer em exaltar 2 livros que abriram meu apetite para buscar conhecimentos e olhar as pessoas de forma diferente:
O Pequeno Príncipe: ” Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. Para cativar, precisamos cuidar e não necessariamente apenas pessoas, mas podemos associar com algo novo em nossa vida como hábitos, novos lugares, roupas, trabalho. Vemos hoje que os relacionamentos sociais, amorosos e profissionais se tornaram descartáveis, o que faz com que seja menos valorizado a cada dia e dificultando no resgate da essência humana que os psicólogos humanistas buscaram fazer na década de 60 em oposição ao Behaviorismo e psicanálise – duas grandes forças da psicologia.
A Arte da Guerra: ” Trate seus soldados como seus filhos e eles o seguirão até o vale mais profundo. Trate-os como seus amados filhos e eles ficarão ao seu lado até a morte.” Uma passagem que está fortemente associada ao livro acima citado pela primícia  de que o ser humano pode ser um ativo importante na nossa vida e devemos cuidar deles.

Se puxarmos na história os homens que deixaram seu legado como Gandhi, Martin Luther King, entre outros lutadores por uma causa e principalmente o modelo principal, Jesus Cristo, podemos pensar nos perguntar: O que eles tinham em comum? Defenderam os valores que o ser humano tem por direito, como de respeito, inclusão, autonomia com a própria vida, valores de união entre duas ou mais pessoas. Cada ser humano é único, com suas próprias experiências, valores e crenças que se nos colocarmos a disposição para aprender com o outro, não só enriqueceremos nossa vida com um pouco de cada pessoa como também ao mesmo tempo contribuiremos para que elas mostrem quem são e como podem contribuir para a vida de alguém. Muitos desconhecem as próprias capacidades de inovação, criatividade até que alguém mostre um caminho para que ela tome consciência.

Você pode estar pensando nesse momento: Mas isso tudo é muito subjetivo, como posso investir numa pessoa, ouvir mais sobre seus pensamentos e tudo que rege seu comportamento e falar menos, contribuir mais e exigir menos sendo que isso não dará garantia de estabelecer uma relação… Bom, claro que não dará garantia, mas o ser humano é regido por padrões de comportamentos que podemos chamar de “universal” que são os valores de reconhecimento, afiliação, ser protegido e amado, o grande “X” é a forma como dosamos essas coisas. Ah! Mas ainda sim, não dará garantia alguma, posso fazer tudo isso e ainda acabar sozinho… Talvez sim, talvez não, mas vamos ver por um outro ângulo. Se você é um investidor, investe em ações na bolsa, Fundos Imobiliários entre outros investimentos de renda variável, você tanto pode perder muito dinheiro como pode ganhar também, mas para isso, você precisa continuar investindo, estudando, arriscando, pois um dia você coloca  10 mil, e pouco tempo depois passa a receber o dobro, triplo ou quadruplo.

O Investidor de Relacionamento nasceu nesse propósito, de fazer você enxergar as pessoas como investimentos, mas como investimentos afetivos para enriquecer nossa arvore genealógica social, pois sempre precisaremos de um outro alguém para qualquer etapa na nossa vida, mas para isso, você, eu precisamos aprender a investir em nós mesmo para depois poder investir em outros e assim colher os melhores lucros.