Investidor de Relacionamento

Gostaria que você fizesse uma reflexão nesse momento, uma reflexão que leve você para o estado mais nostálgico da sua vida quando esteve com pessoas que compartilhavam de idéias e propósitos que refletiam na sua vida e o fazia crescer, lembre-se dos sorrisos, os abraços, as selfies juntos. Lembre de cada momento de troca de mensagem no whatsapp marcando encontro e logo você estava com a pessoa, os momentos que saiam para comer e beber, nos casamentos, barzinhos, aniversários. Essa sensação de felicidade e companheirismo não tem igual não é? Já pensou quão importante é estarmos mantendo esse convívio? Antes de mais nada, permita-me uma breve reflexão… Muitos dizem e tem até como uma reposta reativa que o pai, mãe, filho ou cônjuge são as pessoas mais importantes na vida, mas se esquecem da real importância que devem se dar também. Essas pessoas são importantes? Claro que sim e de extrema importância criar uma relação saudável com cada um deles, mas também é importante criar uma relação saudável com nosso próprio “eu”. Estabelecer uma relação conosco a primeiro momento deve ser vista como uma premissa básica para poder se relacionar com outros ao nosso redor. Primeira precisamos nos aceitar, nos amar, nos respeitar para sim estarmos aptos para desenvolver uma boa relação com as pessoas. A psicanalise freudiana diz que enxergamos no outro aquilo que temos dentro de nós, sob esse conceito, se temos preconceito, criticas direcionadas para nós desencadeamos a tendência de projetar tais características no outro, culpando-os e criticando-os quando na verdade, a matriz do problema está em nós mesmo.

Deixa eu te perguntar, quando você está bem consigo, animado, excitado com as suas conquistas e objetivos, seu mundo se torna mais colorido e mais otimista, você encontra essas mesmas positividades numa outra pessoa? Imagine que você deseja comprar um carro e você se encanta pelo Range Rover, a cada esquina que você dobra, um Range Rover está la, até parece que está seguindo você. Isso é onde seu foco acaba se destinando, o modelo do carro passou a ser a figura destacada e as demais se tornaram figuras de fundo. O mesmo acontece quando estamos bem e quando estamos mal e assim projetamos para o mundo o nosso estado emocional, espiritual e sentimental.

Então eu te faço um convite para você estar explorando as reflexões e conceitos que trago aqui para poder auxia-lo e encontrar um pouco de de harmonia consigo e ter mais recursos emocionais e afetivos para compartilhar em suas relações. Será uma honra compartilhar experiência com você, pois estou certo que você deve ter muito a contribuir.

Espero por você.

Forte Abraço!

Diego San.