Se você se relaciona virtualmente, atente-se a isso.

Se você conheceu alguém de outro cidade ou estado através de chat, facebook, instagram e foi conhecer a pessoa, você é privilegiado sim! Bom, se você está com a pessoa até hoje sinta-e sim mas se não, ao menos você conheceu um lugar diferente. O primeiro chat que entrei foi o VTO online, lá conheci e fiz amizade com muitas pessoas e na época era o orkut ainda, mas eu desconhecia os efeitos negativos de conhecer alguém pela internet e felizmente não aprendi da maneira mais dura.

A internet é um excelente lugar para pessoas introvertidas pois elas revelam mais informações do que fariam pessoalmente. Isso acontece devido a dinâmica da internet proporcionar tempo para formular respostas significativas para criar um clima agradável uma vez que a experiência presencial não está em questão, as relações acontecem através da idealização. Pessoas introvertidas tem uma certa dificuldade de se relacionar pessoalmente, a dinâmica pessoal é intimidadora pois o contato visual e a gesticulação gera uma grande pressão para quem não consegue sustentar uma interação. Na internet isso não existe e por isso é fácil conversar, se encantar por alguém e se algo der errado, bloqueia, exclui e segue a vida. Mas o problema da acomodação das relações virtuais, é a perda de habilidade social e da sensibilidade.

A internet cria um ambiente propício a encontrar algo em comum com o outro, partindo do princípio da semelhança que conversamos na publicação anterior. A relação contribui para uma ampla checagem da pessoa pelas referência que posta, há menos chances de ficar constrangido, pode quantificar os amigos entre outros “bens” que a internet proporciona mas até que ponto isso é saudável? No parágrafo anterior falei sobre a perda da habilidade social, mas o grande fator que centraliza-se, é a idealização.

relacionamentos-virtuais-sera-que-pode-dar-certo1

Sentimentos surgem mas muitas vezes não de forma concreta, a idealização pela outra pessoa toma uma proporção muito grande pois apenas se conhece a pessoa pelo que ela fala, escreve ou ouve pelo áudio, mas o convívio onde poderá explorar a dinâmica do dia a dia é uma incógnita enorme.

Em outro artigo falei sobre a formulação de opinião sobre as pessoas, nesse contexto não e diferente pois a forma que mantém o contato por escrito apenas, tem levado a muitos desentendimentos nas relações, principalmente nas organizacionais.

Atualmente, as pessoas escrevem como falam e isso não inclui as regras gramaticais, afinal, uma vírgula no lugar errado, o uso de exclamações ao término de frases para quem lê pode interpretar algo totalmente diferente do que a pessoa pensou em transmitir. Imagine você recebendo um e-mail do seu chefe da seguinte forma: “ONDE ESTÁ O RELATÓRIO QUE EU PEDI?????????????” É melhor você entregar logo antes que venha outro e-mail só que dessa vez com exclamação no lugar da interrogação. Há o recursos dos emojis para facilitar a compreensão da mensagem que está sendo passado, mas ainda sim gera controversas sobre a mensagem que se deseja passar e humor negro, nem pensar.

A comunicação pela internet deve ser precisa, coerente e congruente. Antes de escrever e enviar algo para alguém, leia e pergunte a si mesmo se a mensagem está de acordo com a intenção que você envia já que a internet é a Matrix em que as leias de física não se aplica e num chat, ou whatsapp, as leias gramaticais aparentemente também não se aplicam.

 

 

Assuntos que se assemelham:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s