Onde você está hoje, te levará para algum lugar amanhã?

Se eu lhe perguntar onde você quer estar daqui a 10 anos, o que você me diria? Vamos fazer diferente, antes de continuar lendo esse post, peço que pense nessa pergunta e responda num papel mesmo, mas responda de forma precisa como data, o que estará vestindo, quem estará com você e depois do exercício,  retorne com a leitura, ok? Estou confiando em você!

Os maiores desafios que encontraremos na vida será o rumo que deveremos dar para nossa vida, e isso muitas vezes é  mais comum nos adolescentes quanto a formação que irão optar, se será formação técnica ou um bacharelado. E o que eu acho sobre isso é que dificilmente estaremos livres dessa aflição que tem grande força de nos acomodar, estagnar através do medo do desconhecido e permanecer onde estamos mesmo conscientes de nossa infelicidade. O que você faz quando tem dúvida sobre algo? Consulta alguém? faz pesquisas? A dúvida pode ser tão cruel  quanto um arrependimento por algo feito . Já dizia Shakespeare: ” Nossas dúvidas são traidoras, nos fazem perder um bem que com frequência poderíamos ganhar”. Isso no pior dos casos é ótimo, pois ainda temos o privilégio entre duas ou mais opções do que quando estamos literalmente perdidos e sem referência alguma, mas onde estaria essa grande questão? Talvez no nosso nicho primário de desenvolvimento, que está enraizada na vida infantil pela relação que tivemos com nossos pais e posteriormente com as primeiras amizades fora da parentela (mas isso ficará para um próximo post). O que devemos refletir aqui, é como estamos construindo nosso EU para governar amanhã as escolhas que fazemos hoje. Quando alguém se encontra perdida, não sabe o que fazer, está totalmente sem referência alguma ou talvez não enxergue dependendo das circunstâncias que se encontra.

alice no caminho
E agora, pra onde?

Nesse momento,  elaborar num papel coisas básicas como: o que gosta de fazer, de ler, ou mesmo na dúvida, pesar os prós e os contras ou pautar os recursos que tem a seu favor para seguir adiante com uma decisão. A simples prática desse exercício abre portas da percepção para encontrar associações, aumentar e aguçar a percepção e logo mais desenvolver recursos para ação.  Agora pense nas sua relações sociais, o que elas tem agregado para você hoje?  As pessoas com quem você sai, contribuem com algo construtivo que impulsionam você para realizar algo que te faça crescer profissionalmente, afetivamente e humanamente? Se você tem objetivos, tem seus sonhos, essas pessoas te apoiam e se interessam pelos passos que você planeja dar? As pessoas com quem nos relacionamentos, os livros que lemos, os vídeos no youtube que assistimos, até mesmo os alimentos que consumimos dizem respeito ao tipo de pessoa que somos, buscamos ser e isso faz parte do nosso desenvolvimento constante, são as referências que temos, e são essas referências que direciona nosso caminhar para algo que nos tornaremos amanhã, seja moralmente, afetivamente ou profissionalmente, mas tudo está entrelaçado ao que fazemos com nosso próprio presente..

Agora, onde você estará daqui a 10 anos? Faça isso novamente e compare com a primeira reflexão que você fez ao iniciar leitura nesse post. Se houve uma pequena mudança que seja, você captou a ideia da importância de buscar referências, mas se continuou o mesmo, eu te faço outra pergunta: Se você não está satisfeito com o que vê de si mesmo hoje, o que pretende fazer para mudar?

Forte abraço.

Diego San.

4 comentários em “Onde você está hoje, te levará para algum lugar amanhã?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s